Luz da injeção eletrônica acesa! O que fazer?

Suspenção - Alex Centro Automotivo
Como reconhecer problemas na suspensão do carro.
8 de maio de 2014
Alex Centro Automotivo - Conserto de airbag
AIRBAG – É possível arrumar depois que ele estoura?
21 de julho de 2020

Luz da injeção eletrônica acesa! O que fazer?

Luz de Injeção - Alex Centro Automotivo

CRÉDITO: CARRODEGARAGEM.COM

Mesmo dando toda assistência ao veículo, mais cedo ou mais tarde ele apresentará problemas.

Uma situação que acontece frequentemente e muitas pessoas não sabem como proceder é quando a luz referente à injeção eletrônica acende ou fica piscando.

O sistema de injeção é de extrema importância para o bom funcionamento do carro já que é ele que comanda a alimentação de combustível e gerencia o motor.

luz da injeção eletrônica se localiza no painel de instrumentos e possui o formato de um motor, triângulo ou raio. Além de ser sempre de cor vermelha ou laranja.

Sempre que rodamos a chave na ignição (sem ligar ou ligando o motor), a Central de Injeção Eletrônica verifica se o sistema está em perfeita condições. A bomba de combustível entra em funcionamento e com isso, a Central consegue checar se está havendo continuidade elétrica e se todos os sensores e atuadores estão ok.

Esse procedimento é realizado em poucos segundos e, caso seja verificado algum problema, a luz da injeção irá acender ou piscar. Quando isso acontece, o problema é registrado na memória de falhas (Memory Fault) da Central. Isso permite que, ao levar o veículo para uma oficina, o problema consiga ser identificado por um técnico através da utilização de um scanner.

Quando a luz da injeção acender ou piscar, o ideal é que o veículo seja levado o mais breve possível para uma oficina de confiança. Porém, antes de se desesperar, desligue o veículo por alguns minutos.

Depois ligue-o novamente e verifique se a luz permanece acesa ou piscando. Há casos em que o problema não é permanente e sim, intermitente (aparece em algumas situações).

Independente do tipo de problema, leve o veículo à uma oficina para que o diagnóstico possa ser realizado. Mesmo com a luz permanente, dá para ir conduzindo o veículo sem problemas até uma oficina  já que o sistema de injeção possui artifícios que mantém o motor funcionando mesmo com falhas.

Caso o problema não seja solucionado logo, o que poderia ter uma simples solução pode virar uma grande dor de cabeça e, consequentemente, um gasto elevado. O mal funcionamento de peças baratas (cabos, velas e outros) pode danificar peças com valor muito mais alto (sensores, atuadores e central).

Por isso, mesmo que a luz da injeção não dê “sinal de vida”, é recomendado realizar uma manutenção preventiva frequentemente no sistema do veículo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *